Você está aqui: Menu Principal
Ponte Maputo - Katembe PDF Print E-mail
Tuesday, 09 May 2017 08:00

Os prazos serão cumpridos

Garante Silva Magia, PCA da Maputo Sul, E.P.

Os prazos estabelecidos para a conclusão das obras de construção da Ponte Maputo-KaTembe serão cumpridos conforme estabelecido no cronograma de actividades, garante Silva Magaia, Presidente do Conselho de Administração (PCA) da Maputo Sul.

Para Silva Magaia, o ritmo actual e evolução das obras de construção da Ponte que vai ligar as duas margens da Baía de Maputo, dão garantia de que até Dezembro de 2017, a obra será concluída.

“Estamos com um progresso global de 77%, o que significa que em termos de execução da parte do betão, que é construído localmente, estamos no bom caminho. Temos as fundações concluídas em 100%, os pilares em 95%, o que quer dizer que foram concluídos 47 dos 50 previstos. As torres principais com 98% de execução, os blocos de ancoragem com 90% dos trabalhos já executados e o tabuleiro em caixão no viaduto com 9% dos trabalhos executados” avançou Magaia.

Com a evolução acima descrita, Magaia acredita que os prazos serão cumpridos, pois, “estes dados percentuais são um bom indicativo, e temos a perspectiva de que até Dezembro deste ano teremos a obra completa, embora os acabamentos possam ir para além de Dezembro de 2017”.

As obras de construção do passadiço que servirá de plataforma de trabalho para a montagem do tabuleiro principal da ponte estão na fase final, assim como a montagem dos cabos que servirão de suporte do tabuleiro principal.

Neste momento decorrem trabalhos de pintura e acabamentos do tabuleiro em caixão metálico na República Popular da China e prevê-se que até Junho próximo o tabuleiro principal esteja em Maputo para a sua montagem.

Apesar deste ritmo, o nó de estrangulamento encontra-se na construção do viaduto de acesso norte, que vai ligar a ponte às Avenidas 24 de Julho e da ONU, na zona da Malanga, Município de Maputo, cujos trabalhos estão ligeiramente atrasados devido às dificuldades de consignação das áreas de trabalho, devido às infraestruturas de sérico ali instalados.

A ponte Maputo-KaTembe tem um vão suspenso de 680 metros, dois viadutos de acesso em betão totalizando aproximadamente 2,3 quilómetros.

 

Tenga

Maputo-Katembe

Circular